Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

Notícias

De olho no Mundial, Wagner Domingos viaja para novo período de treinos na Eslovênia


Lançador do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA e finalista olímpico no martelo, Montanha segue para a Europa em busca do índice para a principal competição da temporada, em agosto, na Inglaterra


Osvaldo F./CBAt
Montanha busca índice para disputar o segundo Mundial da carreira

São Caetano do Sul - Wagner Domingos, o Montanha, finalista olímpico e recordista sul-americano do lançamento do martelo (78,63 m), viaja nesta sexta-feira (10/2/2017) para mais um período de treinos na Eslovênia. O atleta do Clube BM&FBOVESPA espera conquistar na Europa o índice para a principal competição da temporada, o Mundial de Londres, que será realizado no Estádio Olímpico dos Jogos de 2012 em agosto.


Montanha terminou a temporada 2016 como o quarto melhor atleta do mundo no martelo. Foi 12º colocado na Olimpíada do Rio. Após os Jogos, tirou férias e retomou os treinos em outubro, no CT do Clube de Atletismo BM&FBOVESPA em São Caetano do Sul. Passou duas semanas no Recife, com a família, para as festas do fim de ano, e retomou o treinamento de base. Na Eslovênia, sob a orientação do técnico Vladimir Kevo, partirá para os treinos mais específicos e competições.


"Depois da Olimpíada, traçamos um novo programa olímpico. Começamos 2017 já pensando nos Jogos de Tóquio, em 2020", explica o lançador. "2017 é o primeiro ano do ciclo e quero me classificar para o Mundial (o índice é de 76 m), com o objetivo de chegar na final e me aproximar da zona de medalhas." Montanha deve começar a competir entre março e abril. Retorna ao Brasil em junho, para a disputa do Troféu Brasil, principal competição de clubes do país, e do Sul-Americano de Cuenca.


Aos 33 anos, Montanha tem quebrado recordes e jejuns do atletismo brasileiro. No ano passado, melhorou sua marca pessoal quatro vezes, até chegar aos 78,63 m, no Campeonato Nacional Esloveno, em junho, recorde sul-americano e índice olímpico - o Brasil não disputava a prova nos Jogos desde Los Angeles/1932. E, em Mundiais de Atletismo, o lançador foi pioneiro. Em 2015, disputou o Mundial de Pequim, sendo o primeiro homem do Brasil a competir no torneio na prova.


Os bons resultados das últimas temporadas, mas, especialmente a participação olímpica, trouxeram a Montanha o reconhecimento dos torcedores. "Recebi muitas palavras de incentivo, de apoio, de força. Fiquei muito feliz. No fim do ano, quando estive no Recife, percebi que começaram a ver como um ídolo na região. Muita gente me parou na rua. Isso tudo me dá uma nova energia, mais motivação para continuar em frente. Graças às pessoas que sempre acreditaram em mim, ao Clube BM&FBOVESPA, que me dá estrutura e a possibilidade de fazer esses campings, mantenho o objetivo de lançar 80 metros. Por que não?".


Uma trajetória de sucesso


Wagner Domingos bateu o recorde brasileiro do lançamento do martelo pela primeira vez em 2005, com a marca de 67,52 m, época em que ainda dividia seus treinos entre Recife e São Paulo. O pernambucano entrou no atletismo ainda adolescente porque queria emagrecer - foi convidado a conhecer a modalidade após a insistência do amigo Edson Salustiano.Com os treinos no arremesso do peso e lançamento do disco, emagreceu e se tornou atleta.


O martelo chegou de forma inusitada. Em uma competição em São Leopoldo (RS), em 1998, foi inscrito na prova sem nunca ter girado o implemento. Caiu no setor e, envergonhado, avisou ao seu treinador, Abraão Nascimento, que treinaria para a modalidade.


Montanha está no Clube de Atletismo BM&FBOVESPA desde 2009, mesmo ano em que conheceu o técnico Vladimir Kevo, que trabalhou com Primoz Kozmus, campeão olímpico em Pequim/2008. Durante a disputa do Grande Prêmio Brasil, em Belém, resolveu conversar com o esloveno. Sem saber falar inglês, ultrapassou a barreira linguística para perguntar se poderia participar de treinos com ele. Desde então, Montanha passa alguns meses do ano na Eslovênia, treinando com Kevo, apoiado pelo Clube de Atletismo BM&FBOVESPA.


O Clube de Atletismo BM&FBOVESPA, comprometido com o desenvolvimento do Brasil pelo esporte, tem parceria com CAIXA, Prefeitura de São Caetano e Nike.



Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff