Caso você não visualize as animações corretamente, clique aqui para fazer o download do plugin do Flash.

BM&F Bovespa

O Clube

O Clube é Brasil


Glória para o atletismo brasileiro


Divulgação
Lucimar, entre bons de velocidade

 

 

Antes de Ana Cláudia, a BM&F, por meio de seus programas, já havia apoiado atletas da velocidade que tiveram grandes conquistas para o Brasil, como Robson Caetano, André Domingues, Claudinei Quirino, Edson Luciano. Com a criação do Clube a tradição se manteve e Cláudio Roberto Souza estava no 4x100 m do Brasil na conquista da medalha de prata no Mundial de Paris/2003. O Clube ainda teve conquistas para o Brasil com Lucimar Moura, que foi recordista sul-americana dos 100 e 200 m.

 

 

 

 

Nem sempre foram adultos os destaques do Clube nas competições internacionais. Jovens valores no esporte também são Brasil e BM&FBOVESPA no cenário internacional. Aos 16 anos, Thiago Braz, do salto com vara, representou o País na primeira Olimpíada da Juventude, em Cingapura/2010 - foi prata, com a marca de 5,05 m. Aos 18 anos, Thiago deu uma medalha de ouro para o atletismo em um Mundial Juvenil. Em Barcelona, na Espanha, o saltador superou o sarrafo a 5,55 m em uma final dos sonhos, em que também bateu por quatro vezes o recorde brasileiro juvenil. O Clube tinha uma medalha de bronze entre os Juvenis, ganha em 2002, por Juliana Gomes dos Santos, nos 800 m, no Mundial de Kingston, na Jamaica. Izabela Rodrigues da Silva, no lançamento do disco, repetiu o outro em um Mundial de Juvenis, em Eugene/2014.

 

 
Divulgação
Izabela com o ouro no Mundial de Eugene/2014
 
Wander Roberto/COB
Thiago Braz: Cingapura/2010

 

 

<< Anterior | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>

Voltar à Home
Ir para o Topo
Copyright © 2010 Clube de Atletismo BM&FBOVESPA. Acesse e conheça o Instituto BM&FBOVESPA. Termos e Condições.
Content Stuff